Na sede do município, as casas centenárias colorem o centrinho; enquanto na praia o destaque fica para o farol, acessível depois de cinco minutos de caminhada íngreme e vista de tirar o fôlego.
 


Praia do Lage: Mordomia no passeio de jangada – Foto: Duda Quem segue para o Sul chega à praia do Patacho, uma das mais perfeitas da região, com mar azul clarinho e recifes. O acesso é precário, mas quem enfrenta a estradinha de terra que serpenteia um coqueiral encontra uma paisagem deserta, com pouquíssimas construções à beira-mar.
A próxima parada é na praia do Lage, com coqueiros a perder de vista e razoável movimento na alta temporada.
O passeio segue até à vila de Tatuamunha, com casarões preservados e uma praia quase sempre vazia.
Por ali, o encanto fica por conta do riozinho de águas verdes, frequentado por peixes-boi. O cenário é perfeito para um romântico passeio – a pé ou de barco – durante o pôr do sol.